quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Profissionalismo??

Meu nome é Gustavo Slaib, sou editor deste blog, escrevo para a trisport magazine, represento algumas marcas no Brasil, sou gerente comercial da Sport for Life no Rio de Janeiro e tento ser atleta profissional nas horas vagas.
Em função das muitas obrigações, sou um "profissional atleta" e não um atleta profissional.

Porém corro as provas na categoria Elite ou Profissional, e assim sou tratado quando vou para o exterior, onde ninguém me conhece, mas todos me respeitam. Já no Brasil onde corro em casa, sou tratado como um amador, assim como o esporte é tratado e gerido por aqui.
Não me entendam mal, o amador é tão necessário quanto o profissional para o show da prova e crescimento do esporte, mas cada um tem um objetivo diferente até a linha de chegada.

Desculpem a longa introdução mas ela se faz necessária, pois relatarei abaixo alguns fatos para a reflexão de todos.

No início do ano, decidi correr algumas provas nos EUA e assim entrei em contato com os organizadores. Após me apresentar, expondo resultados e desafios, consegui inscrição gratuita para todo o circuito americano de 70.3 e Ironman, podendo decidir quanto a minha participação até 10 dias antes da prova. Vejam bem, ninguém me conhecia ou podia ter certeza dos fatos que eu falava, apenas agiram com o bom senso de que se eu queria correr no profissional, devia ter a mínima condição de fazê-lo.

Eles lá levam em consideração que o atleta sofre lesões, sofre doenças, tem problemas em provas e tem seu calendário alterado constantemente, por isso precisa poder se inscrever de última hora, afinal sua renda depende de seus resultados.

Após retornar, decidi correr o 70.3 Beto Carreiro, e no mês de junho entrei no site para fazer a inscrição pagando. Não consegui e relato abaixo os emails trocados com a organização do evento:

From: gslaib@hotmail.com
To: carlos@latinsports.com.br
Subject: RE: Inscrição Profissional
Date: Wed, 6 Aug 2008 13:40:45 +0000

Galvão,

Não entendo sua indagação...
Sim, mandei outro email, desta vez diretamente para você, organizador da prova. Se não houve resposta por parte da sua equipe, procurei você na esperança da mesma.

No entanto a resposta que recebi não me satisfaz assim como a 100% das pessoas que viram nomes entrando após o fechamento da inscrição online.

Realmente, vejo que as regras nem sempre são claras como parecem.

Gustavo



Subject: RE: Inscrição Profissional
Date: Wed, 6 Aug 2008 10:33:52 -0300
From: carlos@latinsports.com.br
To: gslaib@hotmail.com


Caro Gustavo,
Vc mandou um email e mesmo sem obter resposta, depois de 2 meses nos envia outro email solicitando a inscrição ??
Com relação ao Juraci e a outros atletas que eventualmente não estavam na lista, isto pode ter ocorrido devido ao processamento de inscrições, que fazemos a cada semana, não somente para o Ironman 70.3, e sim, para todos outros nossos eventos.
Se vc não entende os critérios, respeito à sua posição. Mas não há o quê fazer.
Atenciosamente,
Galvão


From: Gustavo Slaib [mailto:gslaib@hotmail.com]
Sent: quarta-feira, 6 de agosto de 2008 10:20
To: Carlos Galvão
Subject: RE: Inscrição Profissional

Galvão,

Desculpe mas não compreendo.

No momento que fui fazer minha inscrição tinham apenas 592 inscritos, mandei email pelo site de vocês, mas onde falavam que responderiam em 48hrs, ninguem entrou em contato mesmo 2 meses depois.

Ainda assim o nome do Juraci que não estava na lista de inscritos, acabou aparecendo depois!

Não entendo tal postura, uma vez que no exterior os profissionais não so conseguem fazer sua inscrição emcima da hora como ainda recebem gratuidade na mesma.

Eu mesmo corri este ano 2 vezes nos EUA e ainda teno mais 6 inscriçõs gratuitas pela North America Sports.

Assim sendo continuo sem entender os critérios para efetuar a inscrição

Atenciosamente

Gustavo




Subject: RE: Inscrição Profissional
Date: Wed, 6 Aug 2008 03:18:16 -0300
From: carlos@latinsports.com.br
To: gslaib@hotmail.com


Olá Gustavo,
Obrigado pelo seu email.
Lamentávelmente, as inscrições foram encerradas há quase dois meses e após o término, fizemos um leilão de 50 vagas extras no Ebay e reverteremos aproximadamente R$ 23.500,00 para a APAE do município de Penha.
Espero contar com a sua compreensão.
Um abraço,
Galvão


From: Gustavo Slaib [mailto:gslaib@hotmail.com]
Sent: terça-feira, 5 de agosto de 2008 18:01
To: Carlos Galvão
Subject: Inscrição Profissional


Boa Tarde Galvão,

Meu nome é Gustavo Slaib, competi o 70.3 ano passado a após alguns problemas acabei na 11 colocação.

Gostaria de estar presente no 70.3 este ano lutando pelas primeiras colocações, no entanto fui fazer a inscrição em junho e com 592 inscritos constava como competição lotada.

No momento só havia 1 profissional inscrito, mandei email pelo site de vocês tentando efetivar a minha inscrição e não obtive resposta.

estava inscrito em Muskoka 70.3 no mesmo dia e desmarquei para poder correr a sua prova.

Seria possível efetivar a minha inscrição? Não quero a inscrição gratuita, so quero me inscrever pagando o valor devido.

Aguardo um retorno

Gustavo

Assim fica claro que não existem regras por parte da Latin Sports, que organiza o Ironman Brasil e o 70.3 Brasil.
Isto ja ficou claro anteriormente, quando puniram Galindez e Nina por atrasarem alguns minutos e se eximiram da culpa ao deixar os atletas boiando por 1 hora antes da largada do 70.3 de Brasilia em 2007 ou quando fazem vista grossa para o vácuo de alguns atletas consagrados no Ironman Brasil.

Infelizmente o Triathlon no Brasil, está fadado a ser um esporte amador, pois seus organizadores e dirigentes, em grande maioria são amadores. Como cobrar investimentos de patrocinadores e surgimento de novos talentos quando a cena apresentada é esta.

Obrigado pelo tempo de vocês, reflitam.

Abraços

Gustavo

3 comentários:

Emiltri disse...

Nunca aspirei o profissionalismo, mas já ví em muitas oportunidades o que vc descreve. Pensei em brigar, um tempo atrás, por causa do preço das inscrições (apenas um dos problemas) mas não deu em nada por que a grande maioria não liga. Infelizmente tanto os atletas de ponta como os amadores pagam o pato do abuso de autoridade, da falta de respeito e da ganância dos organizadores de prova, que não ligam nem um pouco para o esporte e seu desenvolvimento, só querem o lucro.
Por isso parei de ir em provas...uma por ano e olhe lá. Estou afim de fazer um MeioIron? Treino e faço, sozinho... quando der pra ir fazer fora, irei.

Abraço e força, aproveite o respeito que vc conseguiu nos EUA.

Paulo Vidal disse...

Penso que nunca existiu profissionalismo de organizadores no Brasil. Sou da geração velha guarda onde se fazia triathlon pelo desafio e não pela vaidade como a maioria da nova geração, salvo raras excessões. Amigos, pagar $500 USD pela inscrição de um prova de Ironman é no mínimo um abuso ! E ainda vejo amigos correndo para não perder o prazo das inscrições. Quanto será ano que vem ? $600 ? $700 ? Lucro, lucro e lucro ! Reflitam sobre isso atletas e pensem se realmente vale a pena tanto esporço ! abs a todos

GO LONGER 01 disse...

Somente para reiterar tudo que expus para os senhores. O valor abusivo das inscrições, caso fossem revertidos em bem feitorias para o esporte, estrutura da competição, premiação para profissionais e amadores, estaria de acordo. Mas pagamos caros para sermos desrespeitados, por oganizadores que se sentem acima dos atletas. Vale lembrar que sem atleta não existe prova para organizar.