sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Tênis inadequado para corrida é sinônimo de lesões


A escolha do tênis errado para o tipo de pisada do corredor pode resultar em lesões como a síndrome de estresse do compartimento medial da tíbia, conhecida como fratura por estresse, tendinites e a fasceíte plantar, aquela cujo sintoma é a dor na sola do pé.

Segundo a gerente da loja Free Corner, Valdinéia de Araújo, existem três tipos de pisada, a pronada, supinada ou subpronada e a neutra. Confira as características de cada uma.

Pronada: diagnosticada em quem usa a parte de dentro do pé como a principal forma de impulsão.

Supinada: quando a maior força para a locomoção vem da parte de fora do pé.

Neutra: a pessoa distribui o atrito com o solo por todas as partes do pé, de forma equilibrada.

Aí você pergunta, como vou saber qual é a minha pisada? O corretor de imóveis e advogado, Marcos França, corre nas horas livres e explica como descobriu o tipo de pisada que possui. “Olhei o desgaste da sola do meu tênis e me considerei um supinador”.

Nem sempre essa é a forma correta de saber. De acordo com o fisioterapeuta do Instituto do Atleta (IDA), Pedro Ivo Almeida, o tênis pode enganar. “Dependendo da tecnologia do calçado, o estado da sola pode apresentar características que não se assemelham à pisada do corredor”.

O colega de profissão de Ivo, Danilo Saigg, sugere a realização do exame baropodometria, a análise filmada da pessoa em movimento e a avaliação da podoposturologia, que são procedimentos de fisioterapia, para definir a pronação, a neutralidade ou a supinação. Valdinéia ensina um auto-exame. “Pessoas pronadoras tem os pés chatos. O pé cavo é característica do supinador. O meio termo entre o pé plano e o curvo é a pisada neutra”.

Ela esclarece quais são as tecnologias dos tipos de tênis. “Os supinados possuem amortecimento especial na maior zona de força do usuário. O calçado pronado gera estabilidade para a pisada. A neutra não precisa de estabilidade e nem de um sistema complexo para amortecer”.

Pedro alerta para escolha do tênis errado. “Se eu sou pronador e compro um supinado, não haverá proteção na zona onde piso com mais atrito, porque concentro o meu peso na parte interna do pé e o calçado absorve apenas o impacto do lado de fora”.

Saigg concorda com Ivo e complementa que o erro resulta em lesões. “Sem o devido cuidado, o tipo de pisada pode se tornar agudo, ou seja, muito pronada ou supinada e o problema mora aí. O intenso desequilíbrio de força na passada desgasta articulações e o corpo humano. Com o tempo vão aparecer contusões como a fratura por estresse, fasceíte plantar etc.”.

Existe pisada ideal para o corredor?

O fisioterapeuta do IDA revela a neutra como perfeita para a prática de corrida de rua, mas pondera. “Apenas cerca de 10% das pessoas têm a pisada neutra, o atleta pode ter um bom desempenho se usar a tecnologia correta nos pés”. Saigg até brinca. “O campeão Usain Bolt pode ser supinado. Quem sou eu para dizer que ele é ruim por causa disso? Risos”.

Segundo Danilo Saigg é possível alterar a pisada ou aliviar o impacto do supinador e do pronador. “A mudança ocorre por meio da execução de muitos exercícios educativos de corrida e de estabilização segmentar. Quando o caso é complexo, orientamos o uso de palmilhas”.

Ser supinado, neutro ou pronado não interfere tanto no desempenho do atleta

Pedro Ivo esclarece que o tipo de pisada normalmente não é decisivo para o alcance de metas nas pistas. “Correr é uma atividade ligada ao desempenho biomecânico, à qualidade das passadas e postura, junto com o sistema cardiorrespiratório e a alimentação adequada. É um trabalho multiprofissional e precisa ser realizado de forma harmoniosa. Talvez o modo de pisar não seja o único motivo do fracasso nos resultados, procure a ajuda de profissionais”.

Você é pronador ou supinador, leu a matéria e ficou preocupado? Não é para tanto. A gerente da loja Free Corner, Valdinéia Araújo, diz que aproximadamente 60% dos atletas tem pisada pronada e 30% são supinadores. Preste atenção na hora de comprar o tênis.

fonte: ativo.com

Um comentário:

::TC Projeto Triathlon (Tuco):: disse...

Olá amigo....
Passando para deixar um forte abraço e elogiar esta postagem.
Realmente, se não tivermos cuidado, com o tempo, estes pequenos detalhes viram um problemão!!! Um abração!!

Tuco – Rumo aos 42K
Curitiba- PR
http://tcprojetotriathlon.blogspot.com/