terça-feira, 1 de julho de 2008

SACCHETTO VENCE BRASILEIRO DE DUATHLON

No último domingo foi realizado em BH, o campeonato nacional de duathlon. A disputa contou com grandes nomes do triathlon nacional, e no final os grandes vitoriosos foram os atletas locais.




Adriano Sachetto atleta que vem se destacando em provas tanto de triatlhon como duathlon, mesmo com sua pouca idade(21anos), obteve a vitória na categoria sub-23 e foi o primeiro atleta a cruzar a linha de chegada. Diogo Sclebin que é carioca mas mora em Minas conquistou o título da categoria profissional e no final da prova ainda pediu sua namorada em casamento.




Conversamos com a jovem revelação Adriano Sacchetto, que nos contou todos os momentos antes e durante essa grande conquista:







" Essa com certeza foi uma prova inesquecivel para mim, primeiro por que nunca teve uma competição como essa aqui em minas, de nivel e organizacao tao alta se teve já faz tempo.
No sábado pre-prova, fiz algo que eu nunca tinha feito antes. Normalmente fico tranquilo no hotel deitado, descansando pra competir no dia seguinte. Essa prova foi completamente diferente, o mais importante para mim foi eu estar em casa descansando na minha própria cama. A outra situação completamente diferente para mim, foi que como estamos no mes de festas juninas, eu tinha uma festa para ir que eu não poderia faltar, e ela era justamente sabado a tarde. Hummm pensei comigo que seria tranquilo de ir e fui. Convidei alguns amigos que tambem iriam competir no dia seguite e todos falaram:

- "Vc tá loco!!? vou ficar em casa amanhã tem competição".


A festa era em uma fazenda aqui pertinho,quando cheguei senti aquele ar puro friozinho e pensei comigo (nossa, será que vai ser bom fazer isso?!!!). Comi canjica milho cachorro quente só com molho,hahahahha, encontrei os amigos e acabei me destraindo do stress pré-prova que sempre tenho, foram 5hrs de distração.
Voltei para casa era 22hrs, minha mãe fez o macarrão tradicional comi e fui dormi tranquilo. Acordei, tomei café e fui direto pra competição, chegando lá eu tinha que pegar o meu kit com o chicão, por que eu pedi a ele para pegar, pois fui na festa e não tive como busca-lo.








Chegando la o Chicão me disse:



- "Adriano, esqueci o seu kit lá em casa"....(detalhe,faltava 1h pra largada)


Aqueci no desespero mais no final foi bom pq a transição fechou e como eu nao tinha kit nao pude entrar e assim fui aquecer no percurso de bike, foi a conta de aquecer bem, fazer um trotezinho e o Chicão chegar desesperado com meu kit. coloquei a bike na transição e escutei o Bruno khouri que estava organizando a prova falar:
-"faltam 3 min pra largada. Ai meu deus!!! bora, bora, ajeitei a bike e fui pra largada.LARGOU.



Começou num ritmo forte eu Diogo Sclebin, Thiago Vinhal, Chicao e o pessoal de fora, Ernani, Araujo, Manente, alguns de SP tbm, Frank Silvestrin, Gerardo... No quinto km achei estranho, pensei q o ritmo estava muito devagar e começei a olhar pra cara do pessoal ao meu lado.Olhei pro Scala(diogo) , olhei pro ''Mala'' (Thiago Vinhal), pq conheco eles e sei a cara de quando estao fazendo força e vi que nao tava forte pra gente só que o pelote estava cada vez menor, no final da primeira corrida sobraram 8 atletas que sairam pra correr com 32'50'' nos primeiros 10km,(detalhe, meu recorde nos 10km) mais nao tinha a distância certa, faltou 200 metros mais o menos. Já estava muito feliz, subi na bike e com uma volta de ciclismo das 8 eu já liderava a prova sozinho(consegui escapar por que o pelote estava desorganizado e ainda tinham 3 que em trabalho de equipe nao ajudaram a me buscar, Scala ''mala''e o Chicão que buscou o pelote). assim fui abrindo em cada volta mais ou menos 20 seg, quando sai pra correr estava quase 3min do pelote, mesmo assim eu não acreditava, faltavam 5km de dor, e depois de algumas inéditas caimbras nas pernas principalmente na panturrilha durante o pedal, estava desesperado pensando comigo(Agora f....., Faltam 5km e eu vou andar, eles vão me passar, não vai dar) mas sai pra correr tão bem que passei a primeira volta de 2,5 pra 7'55'', mais como falei tinha no mínimo 50 metros a menos por volta. Nesse momento percebi que eu estava próximo de ser Campeao Brasileiro de duathlon. Cruzei com os outros atletas e vi que não mudou muito a diferença dos 3 min, ai sim começei a comemorar em prantos, fui chegando perto da vitória e vi aquele mundo de amigos e familia gritando pra min, aquela sirene da moto madrinha que sempre quis escutar como lider de uma competição, era a minha passagem para a Itália. Não estava acreditando, estavam ali todos me vendo ao vivo, coisa que nunca pude fazer, pq sempre competia fora de casa, gritando pra min ''é isso ai campeão, rumo ao mundial ''.


CHEGUEI!!! CAMPEÃO BRASILEIRO DE DUATHLON, QUEM DIRIA, E EU QUERENDO GANHAR MINHA CATEGORIA SUB23 QUE SERIA ÓTIMO e para fechar com chave de ouro quem chega em 2° e 3°? diogo e ''mala''. os três mineiros detonam em casa pra alegria dos amigos e familiares, que eram apenas todos que estavam ali assistindo. só faltou o chicão que nao esquece a cabeça em casa pq nao dá!!mais tudo tem sua hora!!!né chicão???!!!




Nossa eu to muito feliz pelo meu resultado de domingo, para min foi tudo recebido em dobro, por eu estar fazendo aniversario no mesmo dia da competição".


um grande abraço a todos!

ADRIANO SACCHETTO

Um comentário:

berto xxx disse...

I like this blog. for real!


berto xxx